Aceita-se encomendas
Contato: florartemagia@gmail.com

Hot Myspace Generators
Blog em construção

14 de nov de 2010

Artesanato como opção de trabalho e compra

O país  está em crise e  com o desemprego o artesanato acaba sendo uma fonte geradora de renda para o artesão mas também uma oportunidade de se encontrar produtos únicos a preços módicos.

 As ofertas da Florarte são muitas e as opções infinitas, desde velas, flores secas, decoração em geral, colares, brincos, anéis Swarovski, colares com pedras e crochê, chinelos bordados com pedrarias; elásticos de cabelo, portas retratos, porta bilhetes, porta cartões, lembranças infantis e adultas, de aniversario e casamento, tampas decoradas para vidros, objetos de decoração,  imãs de geladeira, pingentes, e produtos para o Natal”.

 

Origem do artesanato

Os primeiros artesãos surgiram no período neolítico (6.000 a.c) quando o homem aprendeu a polir a pedra, a fabricar a cerâmica como utensílio para armazenar e cozinhar alimentos e descobriu a técnica de tecelagem das fibras animais e vegetais. No Brasil, o artesanato também surgiu neste período. Os índios foram os mais antigos artesãos. Eles utilizavam a arte da pintura, usando pigmentos naturais, a cestaria e a cerâmica, sem esquecer a arte plumária como os cocares, tangas e outras peças de vestuário feitos com penas e plumas de aves.
O artesanato pode ser erudito, popular e folclórico, podendo ser manifestado de várias formas como, nas cerâmicas utilitária, funilaria popular, trabalhos em couro e chifre, trançados e tecidos de fibras vegetais e animais (sedenho), fabrico de farinha de mandioca, monjolo de pé de água, engenhocas, instrumentos de música, tintura popular. E também encontram-se nas pinturas e desenhos (primitivos), esculturas, trabalhos em madeiras, pedra guaraná, cera, miolo de pão, massa de açúcar, bijuteria, renda, filé, crochê, papel recortado para enfeite, etc.
O artesanato brasileiro é um dos mais ricos do mundo e garante o sustento de muitas famílias e comunidades. O artesanato faz parte do folclore e revela usos, costumes, tradições e características de cada região.
 Artesão-artista: é aquele que por sua criatividade, originalidade, graciosidade e perícia, produz peças que provocam profundo sentimento de admiração naqueles que as observam. Exemplos: talhadores, gravadores, escultores, pintor ingênuo (arte naif) etc.
Artesão-artesão: é aquele que trabalha em série, muitas vezes com ajuda de ferramentas e mecanismos rudimentares, produzindo dezenas de peças, centrado mais no aspecto utilitário das peças que produz que em despertar no observador o sentimento de beleza. Cerâmica ornamentada produzida manualmente com ou sem torno de pé.
Artesão semi-industrial: é aquele que, trabalhando a partir de moldes ou e de outros processos semi-industriais, reproduz dezenas de peças iguais. Ex: peças utilitárias de cerâmica produzidas de forma semi-industrial (tigelas, jarros, potes etc).


Nenhum comentário: